BURITIS: Bandidos que faziam arrastão na cidade morrem em confronto com as Polícias Civil e Militar na área rural

Em um belíssimo trabalho integrado entre Polícia Civil e Polícia Militar resultou na tarde desta quinta-feira em uma quadrilha abatida após marginais trocarem tiros com a Polícia. O fato aconteceu por volta das 14 horas de quinta-feira (03/11),

Por: ARIQUEMES190.COM.BR
04/11/2016 06:37

Em um belíssimo trabalho integrado entre Polícia Civil e Polícia Militar resultou na tarde desta quinta-feira em uma quadrilha abatida após marginais trocarem tiros com a Polícia. O fato aconteceu por volta das 14 horas de quinta-feira (03/11), quando a Central de Operações (C.O), foi informada através de uma ligação feita ao número de emergência 190, que uma loja de celulares, localizada na Avenida Ayrton Senna, no Setor 01, estava sendo roubada por elementos desconhecidos. De imediato os Policiais Militares da Patrulha Bravo: foram ao local e conforme explicou uma das vítimas, os elementos estavam fazendo um arrastão no centro da cidade e estavam em grupo e usando um veículo da marca Chevrolet, modelo Spin de cor branco. Segundo a vítima, um dos marginais ao se evadir da loja roubou uma motocicleta da marca Honda, modelo Fan de cor preta e seguiu pela Avenida Ayrton Senna, sentido RO-460, saída para Ariquemes. Enquanto os Policiais Militares da Patrulha Alpha: ficaram na loja averiguando as imagens do circuito de segurança, a guarnição da Patrulha Bravo iniciou as buscas, sendo que na saída da Avenida Airton Sena o elemento abandonou a motocicleta e entrou em um matagal. Populares disseram aos Policiais que um indivíduo trajando calça e camisa de mangas longas chegou em alta velocidade, largou a moto e correu para dentro do matagal nas proximidades da fábrica de Açaí. A Patrulha Bravo auxiliada pelos Policiais Militares: comandados pelo Sargento Wandercley entraram na mata, mas devido ao local ser de difícil acesso o suspeito conseguiu fugir. Minutos mais tarde a Central de Operações recebeu a informação de populares que o veículo Spin que estava sendo utilizado pelos marginais tinha acabado de sair da cidade pela RO-460 em alta velocidade. Equipes do Serviço de Investigação e Captura (SEVIC) da Polícia Civil, coordenadas pelos Delegados Lucas Torres e Niki Alves, e da P-2 saíram no encalço dos suspeitos com a missão de aborda-los e identifica-los, mas quando a Patrulha Bravo estava nas proximidades da Estação de Energia Termoelétrica, um agricultor contou que quase foi atropelado por alguns elementos que estavam em um veículo de cor branco, que adentrou correndo na Linha conhecida como “Doisinha”. A viatura da Patrulha Bravo, acompanhada por duas viaturas descaracterizadas, sendo uma da P-2 e outra dos Policiais Civis: que iniciaram deslocamento pela referida Linha, até que em uma descida acentuada as guarnições avistaram o veículo Chevrolet Spin branco, parado na estrada. Quando os Policiais desciam das viaturas para fazer a abordagem, os elementos desembarcaram do carro atirando e correndo, sendo que os Policiais responderam ao fogo. Após alguns minutos de intensa troca de tiros, os Policiais perceberam que os quatro suspeitos estavam baleados. Prontamente os Policiais prestaram socorro aos suspeitos que estavam ainda com vida e agonizando. Devido a distancia e a chuva que caia na região, os rádios não tinham alcance e os celulares não tinham sinal, para que as equipes de socorro pudessem ser avisadas e preparar a chegada dos indivíduos no Pronto Socorro. As guarnições tentaram manter contato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas também não foi possível. Sem perder tempo os elementos foram acomodados na carroceria da viatura da P-2 e conduzidos ao Hospital Regional, sendo que as viaturas que estavam na cidade, coordenaram o trânsito para que a viatura da P-2 pudesse chegar ao Hospital com a maior brevidade, mas o médico plantonista constatou que os quatro suspeitos já estavam sem vida. No local da troca de tiros os Policiais localizaram uma arma de fogo do tipo revólver de calibre 38 mm com cabo de borracha de cor preto, com seis munições ogivais, estando três deflagradas e três intactas e uma arma de fogo do tipo pistola da marca Taurus PT-24/7 com a numeração raspada e com quatro munições Ponta Oca. No interior do veículo foram encontradas várias peças de roupas, calçados e diversos objetos que haviam sido roubados em dois estabelecimentos comerciais no centro da cidade. Foram identificados: Francisco da Silva Freitas de 26 anos (Motorista do bando), Acácio Fabrício da Silva, de 38 anos, que possuía dois Mandados de Prisão, um por Roubo e um por Uso de documentos falsos e Jader Oliveira Gomes. Os Policiais continuam as buscas para localizar e prender o quinto elemento que conseguiu fugir das guarnições depois de abandonar a motocicleta. Mediante os fatos a ocorrência nº 3715/16, foi registrada na 1ª Delegacia de Polícia Civil, para as devidas providências.



ARIQUEMES190.COM.BR

O comentário não representa a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.